domingo, 21 de agosto de 2011

TERRENOS ACIDENTADOS

Criatividade para integrar
O terreno em declive levou a equipe de arquitetos a projetar uma casa com ambientes em sete níveis diferentes e, mesmo assim, integrados



NA FACHADA, foram usados tijolinhos claros aparentes, textura grafiato bege e madeira jequitibá rosa envernizada nas portas e janelas. As telhas são de concreto marrom e a tesoura frontal aparente remete ao estilo neocolonial. nos pisos dos acessos externos, foram usados cubos de granito rosado, na porta principal e área dos carros, e cacos de pedra são tomé entremeados por grama. À primeira vista, a casa parece térrea, uma conseqüência do aproveitamento do terreno em declive.


Vista da rua, a casa pode ser considerada simples. Na fachada, tijolinhos claros aparentes e textura grafiato bege combinam com as portas e janelas de madeira e com as resistentes telhas de concreto marrom. E é bem no telhado que começa a se revelar sutilmente o diferencial: ficam expostas partes dos diferentes níveis da residência. Os proprietários adquiriram o terreno que tem declive de 16 m nos fundos. Depois de pesquisarem diferentes propostas, delegaram à equipe do escritório Arch Arquitetura o desafio de erguer uma casa que aproveitasse essa característica natural. O resultado: três pavimentos que somam 430 m² voltados para a piscina e uma exuberante área de lazer com pomar e jardim que ocupa os 1.300 m² restantes do lote.




DA FACHADA POSTERIOR DA CASA é possível perceber os vários níveis criados e o aproveitamento do lote. À esquerda, há um caminho para que os veículos possam aproximar-se da área da cozinha para descarregar as compras e, também, da área de lazer para que os convidados não precisem descer pelo interior da residência. na fachada, uma grande esquadria de madeira com vidros, que faz o acesso ao interior, dá a dimensão do pé-direito interno.






A ESCADA DE CONCRETO recebeu revestimento de madeira cumaru. Tábuas horizontais da mesma madeira foram usadas como guarda-corpo. Toda recortada, ela faz o acesso entre os sete níveis. A cada oito degraus, chega-se a outro nível da residência.



O PÉ-DIREITO de 10 m não deixa menos aconchegante o ambiente de estar. A cortina de tecido suaviza a entrada da luz natural. Em destaque, a lareira feita de alvenaria com acabamento de textura grafiato e frisos lisos, que acompanha a altura do pé-direito.


















Texto: Regina Santos Fotos: Pedro Abude


























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário